Investir numa segunda carreira

A opção por uma segunda carreira tem sido adoptada por muitos profissionais na expectativa de atender à procura e exigência do mercado de trabalho. Para tanto, a decisão precisa ser certa, pois, pode incorrer em investimento sem retorno, decepção com a nova profissão e expectativas não correspondidas. “Todos os pontos devem ser estudados com cautela, ponderando-se sobre o custo-benefício e, principalmente, sobre o objectivo que se pretende alcançar”, aconselha o administrador e especialista em liderança e carreira Luciano Loiola.

Marinheiro

A falta de oportunidades e a má remuneração são factores que motivam profissionais a procurarem uma nova carreira. Uns procuram apenas valores complementares, com especializações em áreas correlatas para agregar mais conhecimentos à profissão e uma melhor recolocação profissional. Outros optam por começar do zero, voltando novamente à vida académica.

Em qualquer dos casos, Luciano Loiola recomenda que as escolhas devem estar aliadas às necessidades futuras. Todo investimento implica em prazos que podem ter retornos rápidos e satisfatórios. Outros investimentos a longo prazo causam, muitas vezes, sensação de frustração. “Tudo deve ser pensado e analisado objectivamente, pois, mudar de carreira é percorrer novas etapas, construir uma nova rota, com tempo, dedicação, dinheiro e paciência”, alerta.

Considerar a afinidade com a nova profissão é outro aspecto relevante. “Geralmente, as pessoas que optam por uma segunda formação académica desejam actuar em uma área totalmente diferente da sua. É preciso, além da afinidade, analisar as oportunidades do mercado e a remuneração”, ressalta.

Outro ponto é o custo benefício: o profissional precisa planear e se preparar para o investimento. “Muitas vezes ele não está disposto a investir muito tempo e dinheiro e deseja algo a curto prazo. Neste caso, cursos de curta duração são os mais indicados”, aconselha Loiola. Hoje, existem cursos a distância e técnicos que podem atender satisfatoriamente a essa procura. Para os que desejam apenas complementar e actualizar conhecimentos recomendam-se as especializações e os MBAs.

“Independente do caminho a ser percorrido, o investimento na carreira sempre traz benefícios. Quanto mais preparado e focado o profissional estiver, maior será o leque de opções para actuar e aproveitar as oportunidades no mercado de trabalho”, analisa o especialista.

Fonte: CRC – SP

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: