Aplicação de poupanças

Para aplicar o seu dinheiro é necessário pôr em prática um plano de investimento com diversos produtos financeiros, diversificando. Significa aplicar o seu capital de modo a que esse investimento consiga criar valor, e talvez, assim, consiga realizar desejos como uma reforma descansada, um anos de estudo confortáveis para o seu filho ou uma boa entrada inicial para adquirir uma casa ou um carro. Existem inúmeras formas de aplicar o dinheiro.

"Casal de noivos" referência aos bonecos de barro de Mestre Vitalino

1. Na bolsa

Os investimentos nos mercados accionistas são sempre dos mais complicados, já que não é qualquer pessoa que tem conhecimentos sólidos e avançados para conseguir investir por esta via. Para investir por este caminho, é necessário que conheça o seu perfil de risco. É um dos aspectos essenciais e dos mais importantes para saber quais são os produtos de investimento que mais têm a ver consigo. As bolsas estão, normalmente, reservadas a quem tem um perfil de risco que suporta mais oscilações e volatilidade no dinheiro aplicado. Existem diversos instrumentos para investir por todo o globo. Sejam as acções, os fundos de investimento, os ETF, as obrigações, os warrants ou até o ouro, os seus investimentos preferidos, o que espera é que todos eles consigam dar-lhe os lucros tão desejados. Mas tenha atenção, para diminuir o risco é necessário uma boa diversificação da sua carteira. Se for um verdadeiro amante do risco, talvez os investimentos cambiais sejam o melhor para si.

Uma boa literacia financeira poderá ser a chave para o sucesso ou não do seu investimento. Evite os erros mais comuns e consiga as tão ambicionadas valorizações.

2. Através do banco ou do Estado

Os produtos estatais também são um bom investimento, apesar dos recentes cortes de rating por parte das agências de notação financeira internacionais. Os Certificados de Aforro perderam muitos subscritores nos últimos tempos, mas ainda continuam a ter alguma importância junto dos investidores nacionais, apesar de neste momento os Certificados do Tesouro dominarem os produtos do Estado preferidos pelos portugueses.

No banco, as ofertas para aforradores mais cautelosos passam pelos depósitos a prazo. Os depósitos a prazo permitem sonos descansados para quem não quer as aventuras da bolsa, principalmente porque existe um Fundo de Garantia de Depósitos que protege cada depositante até 100 mil euros. Se anda à procura de um depósito que lhe encha as medidas, saiba que TANB, prazo, possibilidade de reforços e o tipo de pagamento de juros, são variáveis importantes na sua escolha.

3. Existem também produtos em que pode investir já a pensar na reforma.

Destaque para os Planos Poupança Reforma (PPR), que devido à sua dedução em sede de IRS, reduzida este ano, se tornaram bastante populares. Já os seguros de capitalização, apesar de não serem apenas destinados à reforma, poderão ser outra opção para caminhadas longas, já que o seu prazo de investimento recomendando é superior a 5 anos.

Fonte: saldopositivo / thinkfn.com /

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: